Revista Brasileira de Marketing, Vol. 18, No 2 (2019)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Omnichannel como estratégia de inovação no varejo de moda jovem no Brasil

Aline Silva Autran de Morais, Lenoir Hoeckesfeld, Alessio Bessa Sarquis, Clarissa Carneiro Mussi

Resumo


Objetivo: Analisar o uso do omnichannel como estratégia de inovação em uma empresa do varejo de moda jovem no Brasil.

Método: A pesquisa compreende um estudo de caso com abordagem qualitativa e enfoque exploratório.

Principais resultados: A empresa cria experiência de compra para seu cliente final, antecipando-se às expectativas dos clientes. Analisa novas tendências de mercado e pesquisa sobre o consumidor para acompanhar as mudanças comportamentais que afetam a decisão de compra; compreende a necessidade de integração dos canais, da criação de novos formatos, bem como da adaptação dos antigos canais. Mas, o conceito omnichannel é usado parcialmente.

Contribuições teóricas: A principal contribuição deste estudo é ampliar o conhecimento teórico sobre o processo de omnichannel como estratégia de inovação no varejo, em especial no setor de varejo de moda jovem no Brasil. O estudo destaca a relevância do marketing interno na abordagem do omnichannel e retenção de talentos.

Originalidade: Omnichannel é um conceito novo que se desenvolve como uma extensão do multicanal, e que requer integração completa, enquanto em multicanais a integração pode ser inexistente. Seguindo a tendência mundial, os varejistas brasileiros carecem de entender, de estarem preparados para utilizar a integração de canais de atendimento e vendas (offline/online) e de saber como agregar valor aos consumidores com essa estratégia de inovação.

 


Texto Completo: PDF

ReMark, REMark, Rev. Bras. Mark., São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2177-5184

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional

Flag Counter