Revista Brasileira de Marketing, Vol. 18, No 1 (2019)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

CONTRIBUIÇÃO DOS ELEMENTOS DE SUSTENTAÇÃO DA COCRIAÇÃO DE VALOR PARA A INTENÇÃO DE RECOMPRA: UMA ABORDAGEM TEÓRICA

Ricardo Antonio Reche, Adriana Locatelli Bertolini, Gabriel Sperandio Milan

Resumo


O presente ensaio teórico versa centralmente sobre os temas da cocriação de valor e intenção de recompra.  O modelo de gerenciamento de cocriação de valor proposto por Payne, Storbacka & Frow (2008), bem como o tradicional modelo DART, de Prahalad & Ramaswamy (2004) são revisitados, sendo enfatizados os pontos de interação entre fornecedores e clientes e os elementos de sustentação da cocriação de valor, procurando estabelecer ligações com a intenção de recompra por meio de alguns de seus antecedentes, tais como a confiança, comprometimento e satisfação. Como contribuição teórica, evidencia-se a participação positiva dos elementos de sustentação da cocriação de valor para com os antecedentes da intenção de recompra, notadamente por meio da contribuição do modelo DART para a aprendizagem conjunta e interações personalizadas. Em adição, a ligação entre os constructos é explicitada em um framework conceitual, acreditando-se ser esta relação merecedora de maior atenção do mundo acadêmico e gerencial.




ReMark, REMark, Rev. Bras. Mark., São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2177-5184

Licença Creative Commons

Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional

Flag Counter